RECOMENDAÇÕES

Clique em uma delas

   

Links dos Artigos

AVALIAÇÃO DE EMPRESAS
PARA QUE AVALIAR?
ABERTURA DE CAPITAL
CONSTRUIR UMA FÁBRICA
"VALUATION"
FUSÕES E AQUISIÇÕES
MARCAS
FINANÇAS CORPORATIVAS
RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS
UMA MEIA VERDADE
Valor de Mercado vs Valor Intrínseco
CENÁRIO, PARA QUE?

Entrevista a Isaac Hayon
Artigo no Jornal do Comércio Palestra sobre Recuperação de Empresa sem mistérios no Esporte Clube Pinheiros

No caso de precisar outros serviços, consulte acima no menú" Serviços" ou diretamente em Resumo de Serviços.

Na Recuperação da Empresa só cobramos honorários se tivermos sucesso.

Seja nosso REPRESENTANTE.  Contate-nos!


Português English Español


Se você tiver algum dos 3 casos clássicos sobre AVALIAÇÃO de empresa descritos aqui, ou precisar RECUPERAR uma empresa da falência, ou ORGANIZAR uma empresa do caos, ou MELHORAR financeiramente uma empresa que está bem, este portal poderá ser-lhe útil.

1. Comprar ou vender uma EMPRESA ou uma marca. Não importa o tamanho, pode ser um pequeno negócio ou uma divisão da Nasa. O objetivo é calcular o Preço Justo.

2. Construir uma fábrica, montar uma empresa comercial ou um negócio de serviços.  Neste caso o empreendimento ainda não existe, e é chamado de PROJETO.  O objetivo é calcular o valor justo do projeto, comparando-o com os investimentos necessários para erguê-lo.  Se o valor justo é maior, estaremos criando valor, o que demonstra que é viável economicamente.

3. Implantar a MODIFICAÇÃO de uma empresa ou qualquer negócio que produz renda, e ver se aumentou de valor.  Exemplos são as fusões, aquisições, novos projetos, lançamentos de novos produtos, entradas em novos mercados, aquisição de novas tecnologias, mudanças na estrutura do capital, justificação de empréstimos, mudança de preços, terceirizações, ampliações, desempenho de executivos, reengenharia, desempenho de áreas, e troca e aquisição de novos equipamentos entre outros.  O objetivo é calcular o novo valor da empresa modificada, e ver se este superou o valor da soma da empresa antes da modificação mais o novo investimento, confirmando assim a sua viabilidade econômica.

NÃO EXISTE UM QUARTO CASO

"O valor de uma empresa depende de seu futuro"