GLOSSÁRIO


Caso de dúvidas, onsultar sempre este glossário onde estão definidos os conceitos apresentados nos artigos.

ATP: Arbitrage Pricing Theory.  Teoria de Arbitragem de Preço, método que calcula o Retorno Requerido de um ativo.
AVALIAÇÃO DE EMPRESA
: Cálculo do Preço Justo Esperado de uma empresa.
CAPM
: Capital Asset Pricing Method.  Método de precificação de ativos onde calcula-se seu Retorno Requerido.
CUSTO DE OPORTUNIDADE
: Máximo retorno obtido ao deixar um investimento de igual risco.
CUSTO MÉDIO PONDERADO DE CAPITAL (WACC): Taxa justa ou retorno “mínimo” que uma empresa ou projeto deve ter.  Equivalente à rentabilidade "global" requerida dos financiadores do investimento.  É chamado em inglês de WACC.  Quando não tem Dívida de Longo Prazo ele é igual ao Retorno Requerido.
CUSTOS: Dinheiro que se precisa para sustentar parte da receita.
DESPESAS: Dinheiro que se precisa para sustentar parte da receita.
DIVIDENDOS: Dinheiro que pode ser tirado da empresa sem afeitar sua operacionalidade.
DIVIDENDOS FUTUROS: Dividendos calculados em base a uma projeção financeira.
FLUXO DE CAIXA:
Diferência entre as entradas e saídas de dinheiro que afeitan o lucro da empresa em um período.
FLUXO DE DIVIDENDOS FUTUROS: É o fluxo de caixa dos dividendos futuros.
INVESTIMENTO: Dinheiro que é colocado em um projeto para obter um lucro.
INVESTIMENTO COM RISCO: Investimento no qual não se conhece o futuro.
INVESTIMENTO SEM RISCO: Investimento no qual se conhece o futuro.
LUCRO: Receita menos custos e despesas.
PREÇO: É o preço de mercado.
PREÇO INTRÍNSECO: É o preço de um ativo calculado como a soma dos Valores Presentes de seu fluxo de caixa futuro onde utiliza como taxa de desconto uma equivalente ao risco da empresa no mercado em que opera.  Este conceito está explicado detalhadamente no artigo "O que olhar no valor de uma empresa".
PREÇO JUSTO ESPERADO: É o Preço Intrínseco.
RECEITA: Dinheiro que entra na empresa como resultado de ser trocado por bens e serviços.
RENDA FIXA: Investimento sem risco.
RENDA VARIÁVEL: Investimento com risco.
RENDIMENTO: Ver Retorno.
RENTABILIDADE: Ver Retorno.
RETORNO: Porcentual do lucro no investimento por período.   É lucro dividido pelo investimento durante um tempo.
RETORNO ESPERADO: É o retorno da projeção financeira da empresa.  É um retorno futuro.
RETORNO EXIGIDO: É o retorno mínimo que um investidor aceita ou exige.
RETORNO
HISTÓRICO: É o retorno histórico do investimento ou de fluxo conhecido.
RETORNO JUSTO: É o retorno igual ao WACC.
RETORNO NATURAL ou PROJETADO: Ver Retorno Esperado.
RETORNO REQUERIDO: Retorno mínimo a exigir pelo risco do investimento.  Usualmente calcula-se mediante o uso das técnicas de CAPM ou ATP.  Quando tem Dívida de Longo Prazo, ele é igual ao WACC.
RETORNO VERDADEIRO: É o retorno de um investimento de fluxo conhecido.
RISCO: Estado em que o dinheiro pode-se ganhar ou perder em um investimento por não conhecer o futuro.
TAXA DE JUROS: Porcentual do dinheiro recebido (ou pago) em um investimento durante um período de tempo.
VALOR: É o preço Intrínseco.
VENDA: Ver Receita.
WACC: Ver Costo Médio Ponderado de capital.

Este glossário está também no item 10 do artigo "As avaliações econômico-financeiras".

____________________________________________________________________________________________________________________ 

Isaac Hayon Sasson é Engenheiro Mecânico, Executive MBA, especializado em Finanças Corporativas, e consultor nas áreas de avaliação de empresas, projetos de engenharia, construção de fábricas e recuperação de empresas.

E-mail :  [email protected]   Portal :  www.valordeempresa.com